segunda-feira, 15 de julho de 2013

Fla garante salário em dia, e Sheik dará resposta após final da Recopa.

Clube oferece dois anos de contrato e espera a definição do atacante do Corinthians. Clube tem cinco dias para tentar algum reforço de fora do país.


Emerson jogo Corinthians São Paulo Recopa (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)Emerson dará resposta ao Fla nesta semana
(Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)
As conversas estavam quentes, esfriaram e voltaram a esquentar. O Flamengo não desistiu de ter Emerson Sheik e aguarda a decisão do atacante. Na última semana, dirigentes do clube procuraram o jogador e deram garantias de que ele receberá salário em dia caso aceite retornar ao Rubro-Negro. Essa é uma das preocupações do jogador, que tem contrato com o Corinthians até o fim do ano e aguarda uma posição da diretoria do Timão para decidir o futuro.
Emerson pretende tomar uma decisão a partir da próxima quarta-feira, depois do segundo jogo da decisão da Recopa Sul-Americana, contra o São Paulo, no Pacaembu. Novamente titular do técnico Tite, Emerson se recupera de uma lesão no ligamento colateral medial do joelho esquerdo, sofrida na partida de ida contra o São Paulo.
Além do Flamengo, outros seis clubes - quatro do Brasil e dois dos Emirados Árabes - procuraram Emerson, que está livre para assinar um pré-contrato. O fato de voltar a morar perto dos filhos pesa a favor dos cariocas nesta disputa. O Vasco também sonha com o jogador, mas reconhece que o negócio é difícil. O GLOBOESPORTE.COM não conseguiu contato com a diretoria rubro-negra para comentar a negociação.
Aos 34 anos, Sheik pensa em encerrar a carreira no fim de 2015 e sugeriu um novo contrato de dois anos ao Corinthians. O clube, porém, sinaliza com um acordo por uma temporada, com possibilidade de renovação por mais uma. Já o Flamengo concorda com o desejo do atacante. Pessoas próximas a Emerson tratam o Rubro-Negro como uma "opção muito forte" caso o imbróglio com os corintianos não seja resolvido.
O Flamengo foi o primeiro clube em que Emerson teve destaque no Brasil, após longa passagem por Japão, Qatar e Emirados Árabes. Contratado como praticamente um desconhecido por Kleber Leite, em 2009, ele foi campeão carioca e participou de metade da campanha do título brasileiro, até sair para o Al-Ain dos Emirados Árabes. Na Gávea, ele participou de 26 jogos, 23 como titular, marcando 11 gols.
Última semana para ter reforços de fora do país
Leandro Castan na partida do Roma contra o Inter de Milão (Foto: Reuters)Leandro Castán (à esquerda) é alvo do Flamengo,  
mas negócio é difícil (Foto: Reuters)
Cada vez mais o mercado nacional vira a única alternativa para o Flamengo reforçar o time. A janela de transferências internacionais será fechada  dia 20 de julho. Como a data cai num sábado, o clube tem até a próxima sexta-feira para tentar trazer alguém de fora. Uma das tentativas do Rubro-Negro foi o zagueiro Leandro Castán, do Roma, da Itália, mas o negócio esfriou. Ele foi indicado por Mano Menezes, com quem trabalhou no Corinthians e na seleção brasileira.
Mano mantém a confiança de que receberá três ou quatro reforços de peso, mas a chance de algum deles vir do exterior a cada dia fica mais remota.
- As coisas vão acontecer dentro daquilo que estamos planejando para isso. E as regras estão postas, você tem que saber se comportar dentro das regras. A menos que haja alguma mudança de última hora em relação a isso, vamos ter que respeitá-la. E se o jogador vier de fora do país, temos que colocar dentro desse prazo – disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário